13 de set de 2011

Les Fleur de Lys

Mod-Soul-Beat psicodélico

Conjunto underground britânico que fervilhou pela Swinging London entre 1965 e 1969.


Reflections - coletânea de compactos - 1996


Foram um dos primeiros representantes do freakbeat, tipo de rock psicodélico europeu que equivale ao garage rock americano.



O freakbeat é a união do som Mod/Beat (bandas como The Who, Small Faces, The Creation, etc), que por sua vez conta com boas doses de R&B, ao rock psicodélico, que inclui órgãos, fuzz, quebras rítmicas e outros efeitos.




A Fleur de Lys passou por altos e baixos e infelizmente não conheceram grande atenção fora da Inglaterra.



Seu primeiro compacto foi produzido por Jimmy Page, mas apesar disso a banda alegou que não representou o seu som ao vivo. 

Em outras gravações de compactos conheceram Jimmy Hendrix.

The Two Sides of The Fleur de Lys - EP - 2009


Durante seu trajeto conheceram um figurão da Atlanta Records, que era casado com uma cantora sul-africana: Sharon Tandy.




Logo tornaram-se sua banda de apoio e também passaram a gravar seus compactos na mesma gravadora.



Sharon Tandy teve um papel importante na banda, sendo a vocalista de alguns singles, já que passaram por várias mudanças de integrantes. 

Apenas Keith Guster, o baterista, permaneceu até o fim.



Em 1969, quando tudo estava prestes a decolar, Guster sofreu um acidente de carro, que o deixou imobilizado por muitos meses. E esse foi o fim do grupo.



Após sua recuperação passou a trabalhar como músico de estúdio e os outros integrantes passaram por diversos Grupos.





Fontes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics